Notícias Areado

Funcionário do teleférico teve perfurações no intestino após queda de bondinho em MG

Vítima foi submetida a cirurgia e passa bem. Ele permanece no setor de urgência da Santa Casa de Poços de Caldas.

Publicado em 06/09/2019
Por G1 Sul de Minas.

O funcionário do teleférico de Poços de Caldas (MG), que ficou ferido após a queda de um dos bondinhos, teve perfurações no intestino e precisou ser submetido a uma cirurgia de quatro horas. Ele se feriu depois da queda de um bondinho, que aconteceu após a forte chuva que caiu na cidade na tarde desta quinta-feira (5).

A cirurgia foi realizada ainda na noite de quinta-feira e teve resultado positivo. Além das perfurações no intestino, a vítima, Miguel Albano de Almeida Filho, de 59 anos, sofreu diversas fraturas, mas se mantém em um quadro de saúde estável.

Miguel realizava a manutenção da cabine no momento do acidente. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o bondinho se desprendeu de um cabo de aço depois de um forte vento. O funcionário teria sido projetado para fora da cabine. Uma árvore foi encontrada caída no local, mas ainda não se sabe se isso pode ter causado o acidente.

Acidente com viatura

 

Uma viatura do Corpo de Bombeiros, acionada para dar apoio ao caso da queda da cabine do bondinho, se envolveu um em acidente com dois carros durante o trajeto. Os militares seguiam pela faixa esquerda da avenida João Pinheiro, por volta das 17h, quando o primeiro carro, que seguia à frente da viatura, se deslocou para a faixa da direita para dar passagem aos bombeiros.

Durante a manobra, o veículo atingiu a traseira de um segundo carro, que já seguia pela faixa da direita. Diante do acidente, os militares não conseguiram frear e atingiram o parachoque traseiro do primeiro carro.

Nem os militares, nem os ocupantes dos veículos ficaram feridos. Apesar do acidente, o atendimento à vítima da queda da cabine do bondinho não foi prejudicado.

O acidente

 

Um dos bondinhos do teleférico de Poços de Caldas caiu por volta de 17h de quinta-feira (5) após uma forte chuva na cidade. Conforme o Corpo de Bombeiros, a cabine se desprendeu do cabo de aço e caiu sobre o estacionamento de uma oficina automotiva.

Um funcionário que faz a manutenção no local estava dentro da cabine e caiu de uma altura de cerca de 12 metros em uma área de mata. Ele foi resgatado com ferimentos.

De acordo com os bombeiros, o acidente aconteceu próximo à quarta torre, na Fonte dos Amores. Na hora do acidente, o funcionário fazia a manutenção no teleférico. Ele teria sido projetado para fora da cabine. Uma árvore foi encontrada caída no local, mas ainda não se sabe se isso pode ter causado o acidente.

Segundo a prefeitura, o teleférico estava fechado para turistas durante toda a semana para manutenção. Por causa do acidente, a atração foi interditada por tempo indeterminado.

O teleférico tem extensão de 1,5 km e chega a 20 metros de altura. Em julho de 2017, uma peça de uma cabine do teleférico se soltou durante uma viagem e caiu no Centro da cidade. O objeto, um pedaço de vidro acrílico, foi parar na rua Mato Grosso e quase atingiu um turista, que fez uma postagem em uma rede social alertando para o perigo.