Notícias Areado

Projeto traz para Areado castração de animais e educação humanitária e ambiental

Castra móvel encerrou ontem suas atividades em nossa cidade

Publicado em 13/02/2020
Por Vivian Leite

A iniciativa consiste em uma unidade móvel de esterilização, que percorre as cidades do interior de Minas de Gerais prestando serviço para o controle populacional de cães e gatos por meio da castração dos animais. A prioridade do projeto são os animais de rua, em seguida os semi domiciliados, que são animais que tem um dono, mas tem contato com a rua. Nos últimos três dias(10,11,12), foram castrados: 20 gatos, 24 gatas,25 cachorros e  83 cadelas, sendo que 20 dessas eram cadelas que vivem  nas ruas.

Todos os animais, cadastrados previamente, chegando ao local (poliesportivo), passavam por uma triagem, onde eram pesados e avaliados por veterinários. Em seguida, fazem uma tricotomia (raspagem) na área da cirurgia e aplicam a anestesia. No final do procedimento, as fêmeas saiam com uma roupa e os machos com o colar pós-cirúrgico para que não prejudiquem a área dos pontos. Além disso, os tutores receberam todas as dicas e receituário para o pós-operatório de seus animais.

Além da castração, o projeto visa também à educação ambiental para a população. O Educador Humanitário e Ambiental, Pablo Ribeiro Gomes, ensina as crianças nas escolas de forma lúdica, através de dinâmicas, jogos, desenhos, além de levar uma cartilha educativa para colorir. Os adultos, tutores dos animais castrados, também receberam cartilhas e ouviram a palestra com o educador. Pablo diz que a intenção é conscientizar desde a infância para que cresçam com um olhar mais crítico e social em relação à proteção da natureza e dos animais.

Todo o processo só foi possível graças a Associação dos Amigos dos Animais de Areado (AAAA), que levaram a ideia até a câmera dos vereadores. A vereadora Raquel Monteiro acolheu a ideia e entrou em contato com a equipe do castra móvel e com a prefeitura de Areado para ceder o poliesportivo, além de arcar com hospedagem e alimentação da equipe da ONG Ajuda, responsáveis pela realização do projeto.