Notícias Areado

Raça Negra se apresentará em Alfenas em comemoração ao aniversário de 150 anos

A banda e nem os artistas locais cobrarão cachê devido a dificuldade financeira enfrentada pelo Município, segundo a Prefeitura.

Publicado em 07/10/2019
Por Alfenas Hoje.

A banda de pagode Raça Negra será a atração nas comemorações dos 150 anos de Alfenas. A apresentação, na Praça Getúlio Vargas, será no dia 14, véspera do aniversário comemorado no dia 15.

A banda, que tem como vocalista o cantor Luiz Carlos, não cobrará cachê, uma vez que a Prefeitura de Alfenas enfrenta dificuldade orçamentária para custear despesas básicas, como a folha de pagamento. Recentemente, a Câmara Municipal autorizou a antecipação dos royalties pela geração de energia elétrica para atualizar o pagamento da Previdência Social e evitar bloqueio de repasses feitos pela União.

A informação sobre a apresentação do grupo de pagode, que fez sucesso na década de 1990, auge do gênero musical na mídia, vem após o anúncio sobre o cancelamento do show da banda Jota Quest, que tem como vocalista Rogério Flausino, natural de Alfenas.

O pop rock do Jota Quest seria a grande atração na Praça Getúlio Vargas, mas diante das dificuldades financeiras enfrentadas pela Prefeitura de Alfenas o governo local decidiu cancelar a apresentação. A articulação para a vinda da banda de rock havia sido feito diretamente com o pai do vocalista, Wilson Silveira, e envolvia ainda redução do valor do show devido o vocalista ser alfenense.

A primeira parcela do pagamento do show já havia sido depositada, mas em um acordo amigável, apesar do rompimento do acordo pelo Município, a banda fará a devolução do valor, segundo informações extraoficiais apurada pela reportagem.

O cantor Luiz Carlos, vocalista do Raça Negra, e o prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) possuem uma proximidade, o que foi decisivo na decisão do artista em não cobrar o cachê. “É uma doação da banda para Alfenas”, disse o prefeito à reportagem.

As apresentações começam na sexta-feira, dia 11, e vão até o dia 15. Além do Raça Negra também haverá ainda apresentações de artistas locais que, segundo o prefeito, também doarão seus shows, ou seja sem a cobrança de cachê. “Havíamos cancelado todos eventos devido à crise, mas foram os próprios artistas que se ofereceram para tocar, inclusive o Luiz Carlos, do Raça Negra. E nós temos imensa e eterna gratidão por todos”, afirmou Luizinho.