Notícias Areado

Opiniões


FAMÍLIA: LUGAR DE CRESCIMENTO

Publicado em 26/04/2018 por Rev. Vitor Correia


Vivemos a era da terceirização. Muito embora não pensemos muito nisso, essa é uma realidade muito mais presente em nossas vidas do que geralmente damos conta.

Desde a execução de serviços domésticos cotidianos em nossos lares, até à contratação de empresas que prestam determinados serviços como limpeza, conservação, segurança, dentre outras, estamos sempre, nesse mundo tão agitado e corrido, lançando mão desse recurso tão importante e válido para a nossa realidade.

Entretanto, há situações em que a terceirização não é uma boa opção. Há casos onde ela não é um ganho ou benefício. Trata-se da vida familiar. A Bíblia nos diz assim: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” Pv 22.6 (Grifo meu)

Isso quer dizer que, dentro do ambiente familiar, na educação de meus filhos e demais demandas do meu lar, não há possibilidade sadia de terceirização. Quando o Escritor de Provérbios diz que o ensino da criança se dá “NO CAMINHO”, ele quer dizer que não basta apontar o caminho, é preciso CAMINHAR JUNTO!

Infelizmente, grande parte dos insucessos, que se podem observar na vida familiar, se dão pelo fato de que, muitos pais não caminharam junto a seus filhos na jornada da vida. Seja por falta de tempo ou de paciência, sem saber, plantam uma semente ruim na vida de seus filhos: Crianças sem limites, inseguras, egoístas e sem referencial de autoridade são frutos de lares funcionalmente desestruturados.

Tal terceirização (seja à babá, empregada, escola ou à igreja), traz consequências graves para toda a vida.

Muitos pais exigem que a escola ou a igreja eduquem seus filhos. Porém, essas instituições nada conseguirão fazer se não tiverem o respaldo da educação dos pais em casa e a sua postura como ser social e cristão. Elas não conseguirão desempenhar esse papel, uma vez que a sua função é dar sequência aos valores já adquiridos em casa. A EDUCAÇÃO, para a convivência em sociedade e com relação ao conhecimento de Deus, VEM DE CASA.

Que Deus nos ajude a não permitirmos que terceirizemos aquilo que irremediavelmente é nosso: Nossa família!